NO AR

Show do Antonio Carlos

De 06:00 às 08:00
> Ver a programação completa

A seguir

Show do Clóvis Monteiro

06:00 Show do Antonio Carlos
08:00 Show do Clóvis Monteiro
09:30 Fala Garotinho
11:00 Programa Francisco Barbosa

ESPORTES

16/08/2017 23:47

Ficou para o Maracanã! Botafogo e Flamengo fazem jogo disputado, mas não conseguem tirar o zero do placar

Empate sem gols coloca o alvinegro na final da Copa do Brasil. Para o rubro-negro, qualquer vitória classifica

Por: Departamento Web
  
Foto: Vitor Silva l Botafogo
Pelos primeiros 90 minutos da semifinal da Copa do Brasil, Botafogo e Flamengo fizeram um jogo disputado no estádio Nilton Santos, mas, mesmo com muita luta, nenhuma das duas equipes conseguiram tirar o zero do placar.

Disputado. Essa foi a tônica da primeira etapa. Com postura ofensiva, Botafogo e Flamengo brigavam pela bola no meio de campo. O rubro-negro teve a primeira oportunidade aos 16 minutos. Everton, em cobrança de falta, cruzou para a área e Réver mandou de cabeça para o gol, mas Gatito fez defesa segura.

A resposta do Botafogo foi rápida. Em contra-ataque, Pimpão cruzou na área e a zaga rubro-negra afastou. Na sobra, João Paulo arriscou de longe, mas a bola foi para fora. A partir desse lance, a partida ficou truncada e as duas equipes tiveram dificuldades para armar jogadas. No meio de campo, as disputas eram acirradas e, tanto a defesa do Flamengo, quanto a defesa do alvinegro, estavam bem.

Na volta do intervalo, Jair Ventura e Reinaldo Rueda não promoveram alterações. Porém, o rubro-negro voltou melhor. Aos dez minutos, em cobrança de falta, Diego cobrou com maestria e Gatito só observou a bola bater no travessão. Em minoria, a torcida do Flamengo se animou e cantava alto no estádio Nilton Santos.

Após o susto, o Botafogo seguiu com dificuldades para comandar o meio de campo e viu a equipe rubro-negra, muito disposta, ter maior posse de bola. Porém, o mais lúcido do alvinegro, João Paulo, cruzou na área e Juan afastou o perigo, mas, no rebote, Matheus Fernandes pegou de primeira e Muralha fez a defesa. 

Quando a partida estava se encaminhando para o fim, Carli e Muralha esqueceram do futebol e acabaram sendo expulsos da partida. Em um lance isolado, a bola quicou na área rubro-negra e o zagueiro argentino tentou disputar a bola. Muralha subiu para defender, mas deixou o pé para acertar o Carli. Quando o goleiro caiu, Carli chutou o arqueiro que já estava caído e o árbitro Anderson Daronco expulsou os dois atletas. Com cada equipe com 10 jogadores em campo, a partida caiu de produção. 

Para a segunda partida no Maracanã, o Flamengo terá de vencer a partida para se classificar e o Botafogo precisa de um empate com gols para chegar na final da competição. Se novamente ocorrer o 0 a 0, a decisão será nos pênaltis.

Palinha do Apolinho:

- O Flamengo foi mais disposto para a partida. O Botafogo não teve muita criatividade e pouco atacou. Se a bola do Diego entra, a situação poderia ser diferente.

Quem contou essa história foi José Carlos Araújo. Confira:

PUBLICIDADE