NO AR

Show do Mário Belisário

De 04:00 às 06:00
> Ver a programação completa

A seguir

Show do Antonio Carlos

00:00 Programa Alexandre Ferreira
02:00 Na Companhia do Garcia
04:00 Show do Mário Belisário

ESPORTES

02/08/2017 21:45

Em noite marcada por homenagens a Abel, Fluminense sai na frente, mas cede empate ao Sport

Mesmo com um a menos, tricolor resiste à pressão do Leão

Por: Departamento Web
  
Foto: Nelson Perez l Fluminense F.C
Na noite desta quarta-feira, o Fluminense enfrentou o Sport na Ilha do Retiro e mesmo com um a menos, resistiu a pressão e saiu com o empate de 2 a 2.

Ao entrar em campo, o técnico Abel Braga foi ovacionado pela torcida do Leão e abraçado pelos atletas rubro-negros e pelo treinador Vanderlei Luxemburgo. Abel Braga ficou emocionado e agradeceu a toda manifestação de carinho.

O Fluminense teve um começo avassalador e conseguiu seu primeiro gol aos oito minutos. Gustavo Scarpa recebeu a bola na esquerda e emendou um belo chute de fora da área, morrendo no fundo da rede de Magrão. Uma verdadeira pintura na Ilha do Retiro. 

Sem diminuir o ritmo, o tricolor aumentou o placar com Renato Chaves, após uma bela cobrança de escanteio e o zagueiro subiu livre para mandar de cabeça.

Aos 20 minutos, o Fluminense quase chegou ao terceiro. Marlon cobrou escanteio e Henrique mandou de cabeça no travessão. Após esse lance, o tricolor se perdeu e deu campo para a equipe do Sport. O Leão pressionou e diminuiu a contagem com André, que recebeu um belo cruzamento de Lenis, e o atacante cabeceou no chão. A bola quicou e entrou no gol de Julio Cesar.

Na volta do intervalo, o Sport foi para cima e empatou a partida com Patrick. O atleta roubou a bola no meio de campo e arrancou até a área tricolor, onde soltou uma bomba para o fundo da rede.

Orejuela foi expulso poucos minutos depois do empate, após uma falta em Patrick. O meio-campo não tinha nem amarelo, mas o árbitro foi severo e deu o vermelho logo de cara, causando a revolta de Abel Braga e os jogadores.

Valente, o Fluminense resistia a pressão do Sport, que com um a mais passou a ter o controle da segunda etapa. Diego Souza quase fez o gol da virada aos 31 minutos. Mena cruzou na área e o meio-campo subiu alto e acertou a trave de Julio César.

O tricolor conseguia assustar o Sport nos contra-ataques e nos minutos finais, Scarpa arrancou pelo meio de campo e arriscou de fora da área. Dessa vez, Magrão fez uma defesa espetacular.

Com o resultado, o Fluminense ficou na 12º posição da tabela do Brasileirão.

Quem emocionou foi Jota Santiago. Confira:

PUBLICIDADE