NO AR

Show do Mário Belisário

De 03:00 às 06:00
> Ver a programação completa

A seguir

Programa Clóvis Monteiro

00:00 Programa Alexandre Ferreira
03:00 Show do Mário Belisário

ESPORTES

19/05/2017 19:59

Sob o comando de Pimpão, Botafogo vai para as oitavas de finais da Libertadores

Com grande público, alvinegro vence o Atlético Nacional e passa de fase

Por: Departamento Web
  
Foto: Botafogo
Na noite desta quinta-feira (18), diante da sua torcida (33.317 presentes), o Botafogo tinha a missão de vencer o Atlético Nacional para carimbar o passaporte do clube nas Oitavas de Finais da Libertadores. 

O time entrou focado e logo no começo do primeiro tempo, em contra-ataque fulminante, chegou com muito perigo ao gol do Atlético Nacional. Pimpão fez belo lançamento para Camilo, que não dominou bem, mas a bola sobrou para Roger sozinho, que bateu forte na trave. 

O lance empolgou a torcida e o glorioso tinha amplo domínio da partida. Aos 14 minutos, Roger recebeu na área e tocou para Lindoso, que bateu forte no canto do goleiro Armani. Porém, o juiz já havia dado impedimento no lance.

Após o começo explosivo, o Botafogo não conseguia mais trocar passes. O alvinegro começava a dar chutões e o Atlético Nacional começava a equilibrar a partida. Tanto que aos 38 minutos, o atacante Dayro Moreno cruzou na área e Macnelly Torres apareceu sozinho para cabecear para fora.

Durante a transmissão da Rádio Tupi, Gerson, o canhotinha de ouro, identificou que o Botafogo não conseguia chegar com perigo por conta dos frequentes lançamentos. O canhota, afirmou que o glorioso deveria colocar a bola no chão e trocar passes, que assim a partida iria fluir para a equipe.

No começo da segunda etapa, pareceu que o time ouviu os comentários do canhota e os jogadores voltaram com outra postura. Aos cinco minutos, Lindoso avançou pelo meio de campo e deu um belo passe para Pimpão. O atacante invadiu bonito a área e bateu cruzado no canto de Armani, abrindo o placar para o Botafogo.

O Atlético Nacional era ineficiente, e o Botafogo aproveitava a velocidade de Pimpão nos contra-ataques. Aos 15 minutos, Pimpão avançou sozinho no meio de campo e arriscou de fora da área, obrigando o goleiro Armani a fazer bela defesa.

O técnico Jair Ventura, fez uma alteração aos 21 minutos, tirou Roger e colocou Guilherme, um jogador veloz. A proposta era clara, o Botafogo se segurava e saía no erro do Atlético Nacional. E estava dando certo, pois a cada ataque da equipe colombiana, o alvinegro respondia em velocidade e com perigo. Aos 31 minutos, Pimpão tocou para Guilherme que tentou driblar o goleiro Armani, mas acabou chutando em cima do arqueiro.

A equipe colombiana pressionou durante os 15 minutos finais, mas não foi o suficiente para empatar o jogo. O Botafogo está classificado para as Oitavas de Finais da Libertadores.

Emocionado, o canhotinha de ouro comentou:

- O Botafogo poderia ter ganho como uma certa facilidade, mas não foi o que aconteceu. Eu escolho o Rodrigo Pimpão como o craque do jogo, que salvou o Botafogo novamente na Libertadores.

A partida foi narrada por Odilon Júnior, confira como foi a classificação:

PUBLICIDADE